Obrigada, meu pai...


Hoje é o seu dia. Permita-me lembrar-me e dedicar-lhe algumas linhas; deixe-me dizer-lhe no papel o que não digo frente à frente.
Em minha infância, via-o a trabalhar incansavelmente. Parecia nunca desanimar. E esta imagem haveria de me acompanhar por toda minha vida.
Meu pai, ontem nós crescíamos e tu nos ajudavas. Hoje, já não crescemos mais, mas o senhor, meu bom velho, parece que está diminuindo, está encurvado meu querido pai... Os anos se passaram e deixaram suas marcas sobre estes ombros que antes eram tão fortes e serviam de apoio para nós, seus filhos.
Meu pai, se me perguntassem o que de melhor você fez por mim, eu responderia, sem hesitar: ensinou-me a procurar ser útil. Ensinou-me com gestos, com palavras, com tudo que fazia... Fico honrada e orgulhosa em pensar que aprendi um pouquinho de cada uma de suas virtudes.
Obrigada, meu pai.
Obrigada por sua presença sempre firme e decidida. Parecia que você sabia de tudo... Obrigada por seu amor, que muitas vezes não percebi. Obrigada por entender o que me fazia falta. Obrigada pela fé que você teve durante todos os anos em que teve lucidez.. Isto foi um ato de amor. Você me mostrou um caminho que hoje é meu. Obrigada principalmente por me apontar a direção de Deus. Obrigada por tudo.

Comentários

  1. Bom trabalho, Marisa. Parabéns e tem um bom fim-de-semana

    ResponderExcluir
  2. Olá Marisa
    Que linda homenagem a seu pai!
    Tenha uma boa semana!
    Nilda

    ResponderExcluir
  3. Que homenaje mas bonito para tu padre Marisa! Presioso y muy emotivo!

    Un abrazo

    ResponderExcluir
  4. Sempre abra seu blog para ver seus trabalhos, pois tambem adoro artesanato, só não levo muito jeito no trico. Mas hoje quando abri e vi esta foto sua com seu pai não deu outra, as lagrimas começaram a cair pois ja não tenho mais meu pai ao meu lado, dia 20/08 fizeram cinco anos que se foi, e ele não era tão velho, parabens por ter seu pai ao seu lado, e tão bom poder abraçar né.........

    ResponderExcluir

Postar um comentário