Conversa fiada

Amigos, olha a opinião que eu tive que ler hoje nos comentários do Gorro de Corujas - em crochê, postado aqui:
"Anônimo 4 de agosto de 2016 17:22
Vovó Baisa é uma ignorante... ou passa td ou não passa bosta nenhuma, tem medo de que alguém consiga fazer melhor e que vc?"...

Eu nunca tive medo de concorrência. Recuso encomendas, por falta de tempo; aceito as que sei que vou dar conta. 
Realmente, não tenho a receita e nem  tempo para escrever como eu faria; não fiz a peça e acho fácil sim de fazer... Claro, que teria de fazer amostra, ver o tamanho, contar os pontos pra sincronizar o número de corujas, etc. E eu faço, de graça, peças para doar pra quem eu quero, com o fio que eu tenho e com o modelo que eu escolho. Portanto, cada um tem o direito de expressar sua opinião a meu respeito, que não vai mudar em nada o meu modo de ser. 
Agora, se a pessoa quiser se identificar, me conhecer melhor  e pedir alguma opinião, vai ver que realmente está totalmente enganada sobre o meu caráter...

È vida que segue...rs...

Comentários

  1. Baísa, pessoas como essa não merecem conhecer você. Também não deve entender de crochê e tricô. Vamos em frente que é o melhor. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente tem muita gente preguiçosa que não quer perder um segundo para procurar, mas perde pra perturbar quem está quieto e em paz.
    Em menos de 1 minuto encontrei a receita em um vídeo da Elaine pelo youtube.
    É deixar pra lá mesmo porque Deus cuida.
    Bjs
    Mara

    ResponderExcluir
  3. credo!! o blog é seu! você posta o que lhe convém! pelamor!!!

    bjinhos

    ResponderExcluir
  4. Disse tudo, Vovó Baísa! As pessoas nos julgam e nos condenam sem nos conhecer. É o fim! Mas a sua convicção de que o que faz é certo é a melhor parte dessa história. Adorei você dizer "É vida que segue." E é mesmo!

    ResponderExcluir

Postar um comentário