Manta de crochê - ursinhos

Olha a bela produção da amiga Rosa Alice Calura - ela está no Facebook - manta em crochê!
O modelo é conhecido nosso, mas, os pontos bem feitos fizeram toda a diferença!!! Amei!!!







Cachecol com capuz

Um cachecol com capuz que eu gostei! Aquece bem e o fio é sedificada com ag 6 mm e ficou macio.

Receita peguei desse endereço da Hilda Eroles

Ela esclarece duvidas de acabamento ou como fazer o capuz neste ótimo vídeo 


Mudei o ponto fiz esse aqui zig zag. 

Múltiplo de 11 + 1
1a. Carr. 1 m, * laç, 3 m, 2 pjm, 2 pjm, 3 m, laç, 1 m 

2a. Carr. Toda em ponto tricô 

3a. Carr. Toda em ponto meia 

4a. Carr. Voltar a 1a. Carr. 

Este ponto é reversível, isto é, igual dos dois lados e pode ser utilizado para mantas também.









Conjunto em tricô para bebê - branco

Branco é sempre lindo!!!!
Uma grande amiga virtual, a Ana que  mora no exterior, achou onde tem esse e outros tão lindos quanto!!!! São vendidos, são em inglês; quem quiser, entra em contato com o pessoal aí no link abaixo. Mesmo que não queira comprar, vale um passeio por este link, pois, as peças estão maravilhosas!!!! Obrigada Ana. Bj


]]

Manta de bebê - branca e linda


Usei o fio Bebê Comfort ( é com m mesmo...rs...) e ag. 4,00 mm
Ficou com aproximadamente 1,10  x  1,00 e muito leve,pelo fio, pelo ponto... A barra fiz em crochê , ag. 2,75.




GORRO / TOUCA NINHO DE CORUJAS EM CROCHÊ - vídeo

Tudo o que acontece de ruim é pra melhorar...
Uma pessoa anônima me ofendeu tanto por não ter essa receita para postar... Pois bem, comentei isso e não é que uma amiga me passou o link do vídeo!!!! Espero que agora a anônima, consiga fazer e não me queira tão mal...


Conversa fiada

Amigos, olha a opinião que eu tive que ler hoje nos comentários do Gorro de Corujas - em crochê, postado aqui:
"Anônimo 4 de agosto de 2016 17:22
Vovó Baisa é uma ignorante... ou passa td ou não passa bosta nenhuma, tem medo de que alguém consiga fazer melhor e que vc?"...

Eu nunca tive medo de concorrência. Recuso encomendas, por falta de tempo; aceito as que sei que vou dar conta. 
Realmente, não tenho a receita e nem  tempo para escrever como eu faria; não fiz a peça e acho fácil sim de fazer... Claro, que teria de fazer amostra, ver o tamanho, contar os pontos pra sincronizar o número de corujas, etc. E eu faço, de graça, peças para doar pra quem eu quero, com o fio que eu tenho e com o modelo que eu escolho. Portanto, cada um tem o direito de expressar sua opinião a meu respeito, que não vai mudar em nada o meu modo de ser. 
Agora, se a pessoa quiser se identificar, me conhecer melhor  e pedir alguma opinião, vai ver que realmente está totalmente enganada sobre o meu caráter...

È vida que segue...rs...

Manta Lilás - tricô