Gorro Tia Flora - iniciado por cima - tricô

 Para quem não quer fazer amostra, uma boa dica é começar o gorro pelo topo da cabeça. Uma circunferência de 50 a 52 cm corresponde a uns 8 cm de trabalho no gorro Tia Flora, da Veralu:

Lã: a que vc tiver.

Agulha: retas ou circulares ou jogo de agulhas, na espessura que combine com o fio

1 novelo de 40 g de Família ou Mollett dá 1 gorro com agulhas 4 ou 4,5.

Monte 8 pontos (no trabalho circular) ou 10 pontos (na agulha reta, para ter um ponto de ourela de cada lado e facilitar a costura depois). Se trabalhar circularmente, ignore os pontos de ourela das instruções abaixo:

1a carr: 1 ponto de ourela, *1 m, laçada*, repita de * a * mais sete vezes, 1 ponto de ourela.

2a carr e carreiras pares: 1 ponto de ourela, em t (no trabalho reto), em m (no trabalho circular,) 1 ponto de ourela.

3a carr: 1 ponto de ourela, *2 m, laçada*, repita de * a * mais sete vezes, 1 ponto de ourela.

5a carr: 1 ponto de ourela, *3 m, laçada*, repita de * a * mais sete vezes, 1 ponto de ourela.

7a carr: 1 ponto de ourela, *4 m, laçada*, repita de * a * mais sete vezes, 1 ponto de ourela.


 Já deu para entender o esquema, né? Siga até ter tricotado os 8 cm necessários para ter uma circunferência de 50 a 52 cm (ou 16 cm de diâmetro, se o trabalho for circular); então passe a trabalhar reto - gosto de fazer essa parte reta em sanfona 2/2 para o gorro ficar mais elástico. E pronto.



VovoBaisa

Sou professora aposentada, apaixonada pela neta, gosto de viajar, ler, internetar, fazer tricô, crochê, bordado e sorrir muito. Também sou doida por linhas, lãs, agulhas, revistas e livros. Não saio sem esses objetos, NUNCA!

Postar um comentário

Obrigada pela visita e grata pelo carinho. Volte sempre. Bj. Vovó Baísa

Postagem Anterior Próxima Postagem